Na busca por uma medalha, Rebeca ficou longe do pódio no individual geral.

Rebeca Andrade 1

Rebeca Andrade mirava uma medalha depois de ter a terceira melhor nota na fase classificatória

Frustração, choro e consagração. A disputa da prova individual geral da ginástica feminina teve diferentes emoções na Arena Olímpica. Jade Barbosa se lesionou e deixou a competição em cadeiras de rodas aos prantos. Outra representante brasileira, Rebeca Andrade mirava uma medalha depois de ter a terceira melhor nota na fase classificatória, mas acabou no 11º lugar. Em tarde ruim para as brasileiras, a comemoração, como era esperado, foi mesmo para Simone Biles. Grande nome do esporte na atualidade, a norte-americana levou seu segundo ouro no Rio, depois de subir no lugar mais alto do pódio na disputa por equipes.

Sempre no mesmo aparelho que as favoritas, Rebeca Andrade foi a primeira entre as 24 ginastas a se apresentar. No salto, a brasileira alcançou a nota de 15.566, encerrando a primeira rodada na terceira colocação, atrás das norte-americanas Simone Biles, com 15.866, e Alexandra Raisman, com 15.633.

Já Jade Barbosa foi a 20ª colocada na primeira rotação. Depois de ser avaliada com 13.700 na trave, a ginasta brasileira se despediu da competição ao se apresentar no solo. Com uma lesão no tornozelo direito, ela não conseguiu encerrar sua série, chorou bastante e deixou a arena de cadeira de rodas, sob aplausos.

Rebeca Andrade 2

Jade Barbosa se lesionou e deixou a competição em cadeiras de rodas aos prantos

A segunda rodada também não foi positiva para Rebeca, que errou uma das ligações entre os saltos nas barras assimétricas. Com 14.003, ela caiu para a quinta colocação. A liderança foi assumida pela russa Aliya Mustafina. Atual campeã mundial nas barras, a europeia aproveitou a passagem pelo aparelho para ultrapassar Simone Biles e Alexandra Raisman. O quarto lugar ficou com a outra russa, Seda Tutkhalian.

A terceira rodada deixou Rebeca Andrade ainda mais distante da disputa por medalha. Com 13.600, a brasileira teve rendimento melhor que sua apresentação na fase classificatória. Porém, os desequilíbrios foram determinantes para a nota que fez a ginasta cair para o oitavo lugar. Já Simone Biles voltou à liderança, seguida por Aliya Mustafina e Alexandra Raisman.

Biles confirmou o ouro em uma passagem brilhante pelo solo. Última atleta a se apresentar, a americana recebeu nota 15,933. Na disputa pela prata, Alexandra Raisman levou a melhor, deixando Alyia Mustafina com o bronze.

Rebeca Andrade encerrou sua participação ovacionada pelo público. Sob os gritos de “Rebeca, Rebeca”, a brasileira aguardou a nota transparecendo apreensão. Os 13.766 foram fortemente vaiados pelo público. 

Rebeca Andrade

A comemoração, como era esperado, foi mesmo para Simone Biles, uma das estrelas dos Jogos

Por df.superesportes.com.br