A única solução apresentada pelos funcionários é o reembolso do bilhete comprado.

Rio – Depois de vários adiamentos da partida de oitavas-de-final entre o espanhol Rafael Nadal e o francês Gilles Simon, nesta quarta-feira (10/8), o público cansou de esperar e, em maioria, deixou o Centro Olímpico de Tênis, na Barra. O jogo estava marcado para as 12h30, mas a quadra central continuou encharcada pela insistente chuva e, até as 16h, não havia previsão para o duelo.

Do lado de fora, os torcedores reclamavam da falta de informações dos voluntários. Sem saber se Nadal entraria em quadra, eles também não podem deixar a arena e voltar depois. “Eles (voluntários) dizem que a partida foi cancelada, mas o telão instalado na praça central entre as quadras diz que pode começar às 16h. Enquanto isso, a gente tem de ficar na chuva”, lamentou o comprador Camilo Hissa. “A chuva não é culpa da organização, mas tem de ter uma solução imediata”, continuou.

O aposentado Carlos Bertão chegou à arena às 9h30 e também reclama de informações desencontradas. “Não tem nenhuma correta, é inacreditável”.

O ponto de assistência a ingressos ficou cercado por pessoas em busca de notícias. Alguns estrangeiros se irritavam com a dificuldade de voluntários em entendê-los, em inglês.

A única solução apresentada pelos funcionários é o reembolso do bilhete comprado, no endereço ingressos.rio2016.com/reembolso, onde um formulário precisa ser preenchido. A devolução do valor é feita em 30 dias.

O  Comitê Rio-2016 informou por meio de redes sociais que “as partidas de tênis da manhã e tarde estão adiadas devido ao mau tempo.As da noite ainda serão confirmadas.É possível solicitar reembolso.”

Por meio de nota, o Comitê Olímpico Internacional (COI) informou que as partidas agendadas durante o dia foram canceladas, mas os jogos das 18h, por enquanto, serão mantidos.

olimpiadas

Por df.superesportes.com