Se você assistiu à incrível prova de natação que aconteceu neste domingo.

técnicaom a vitória da equipe norte-americana no revezamento 4×100, é bem possível que tenha prestado atenção em Michael Phelps.

lgumas pessoas notaram que ele tinha algumas marcas roxas na pele e questionaram o que elas seriam. Não só Michael, mas outros atletas exibem tais manchas, resultado de uma antiga prática de cura chinesa chamada de ventosaterapia.

Através dessa técnica, copos de vidro são aquecidos e colocados sobre a pele. Assim, quando o ar que está lá dentro esfria, gera um vácuo, que provoca a sucção da pele, assim como uma ventosa.

técnica 1

Nesse momento, a pele se afasta ligeiramente dos músculos subjacentes, deixando as marcas que você pode ver na foto. Aliás, se você achou as manchas um tanto familiares, eu tiro as suas dúvidas: sim, é o mesmo que acontece quando alguém leva um “chupão” no pescoço.

Essa terapia é muito usada por vários atletas e auxiliaria na recuperação muscular, já que “tira” o sangue da área afetada, reduzindo a dor e acelerando a cura dos músculos. Porém, não existem comprovações científicas de que o tal tratamento realmente beneficie os atletas.

técnica 2

Fonte: Ny Times