Gilmar Mendes quer cassar o Partido dos Trabalhadores. Líder da bancada emite nota de repúdio.

 Por Mariano Maciel 

Registro…     

O cerco ao PT promete novo capítulo protagonizado pelo presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes. Ele abriu um processo que pode culminar com a cassação do registro do partido.

* Para Gilmar, há inícios de que o PT foi financiado indiretamente pela Petrobras, uma sociedade de economia mista, algo vetado pela legislação eleitoral.

…do PT

O caso cairá nas mãos da corregedora da Justiça Eleitoral, ministra Maria Teresa de Assis Moura, responsável pela análise do processo que vem causando arrepios nas principais lideranças e na militância do Partido dos Trabalhadores.

Repúdio

Em nota, a bancada do PT na Câmara repudia o que, segundo os deputados, se trata de uma ação seletiva e política do ministro Gilmar Mendes, presidente do TSE. Ao pedir a cassação do registro do Partido dos Trabalhadores, diz a nota, Mendes tira de vez a toga e assume o papel de militante da direita brasileira e que sua decisão contra o PT coincide com um momento em que se tenta cassar o mandato legítimo da presidenta Dilma Rousseff.

Ainda sobre a nota

Ao acusar o PT de ter se beneficiado de recursos desviados da Petrobras, Gilmar Mendes evidencia sua seletividade, já que outros grandes partidos – como o PSDB, PMDB, DEM e PP – também receberam recursos de empresas investigadas na Operação Lava- Jato.

* Sobre esses partidos, diz o manifesto do partido, cala-se, como sempre, o presidente do TSE, que enxerga problemas no sistema democrático brasileiro apenas quando se trata do PT.

Cassação de Cunha

O processo de cassação de Cunha, que renunciou à presidência da Câmara há menos de um mês, ficou pronto para ser levado ao plenário antes do recesso de julho, mas o presidente Rodrigo Maia encontra dificuldades para reunir o número de deputados suficiente para colocar o processo em votação. São necessários 257 votos entre os 512 deputados em exercício para determinar a perda do mandato do deputado do PMDB, que foi alvo de um processo por quebra de decoro no Conselho de Ética.

* Maia disse que a votação poderá ser ainda em agosto, mas desde que seja acordada com a maioria dos parlamentares.

BRA de Bradesco   

A música do comercial Bradesco Agora é BRA – Se Ligaê 2016 – que destaca a alegria e a receptividade do povo brasileiro com a realização das Olimpíadas do Rio de Janeiro deixou de fora os estados do Acre e Amazonas.

* Quem percebeu a gafe não gostou diante do esquecimento ou da exclusão dos dois estados onde a instituição mantém agências desde que foi criada.  

Semana agitada

A semana no Senado promete muita agitação por conta da votação, em plenário, do relatório do senador Anastasia, já aprovado na Comissão Especial, pelo prosseguimento do afastamento definitivo da presidente licenciada Dilma Rousseff.  

Frase

“Ser honesto é mais do que apenas não roubar. É não deixar roubar” – do ex-presidente Lula no discurso de posse, antes de conhecer Sérgio Moro.