Ato público contra o trabalho infantil. Governo do estado trabalha na erradicação do trabalho infantil no Acre

Por Concita Cardoso

ti-580x370

No Dia Mundial e Nacional de Combate ao Trabalho Infantil, o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Seds) e a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semcas) promovem nesta sexta-feira, 12, a partir das 8 horas, no calçadão do Colégio Acreano, ato público contra o trabalho infantil.

Instituído pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), atividades ocorrem no mundo todo alertando a sociedade, os trabalhadores, os empregadores e os governos a se mobilizarem contra o trabalho infantil.

Anualmente, para marcar a data, é proposto um tema sobre uma das formas de trabalho infantil e realiza-se uma campanha de sensibilização e mobilização da população em geral. No Acre, as campanhas serão lançadas no dia 18, com os temas: “Não ao Trabalho Infantil”, “Sim à Educação de Qualidade” e “Não Compre: Não Alimente esse Ciclo de Pobreza”.

“O governo do Estado tem desenvolvido ações estratégicas que visam proteger crianças e adolescentes do trabalho infantil”, destacou a coordenadora do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil no Acre (Peti), Mariana Morais.

Apesar das ações de proteção a crianças e adolescentes, 12 municípios do Acre se destacam pela incidência de trabalho infantil: Brasileia, Capixaba, Cruzeiro do Sul, Epitaciolândia, Feijó, Marechal Thaumaturgo, Plácido de Castro, Porto Walter, Rio Branco, Rodrigues Alves, Sena Madureira, Tarauacá e Xapuri.

Mariana Morais afirma que, por meio da Seds, atividades do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil são desenvolvidas em parceria com as prefeituras visando a erradicação desse crime. “Ações nesse sentido têm como objetivo contribuir com o enfrentamento e a erradicação de todas as formas de trabalho infantil e contribuir com a garantia da proteção social, no que se refere à segurança de sobrevivência das famílias com crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil”, esclarece.