No município de Assis Brasil dois fatos curiosos despertam a atenção de quem acompanha a vida politica local.

Por Chiquinho Chaves

eduardo_vice_assis_brasil_adonay_melo_site

Primeiro, há 19 anos um dos Menezes vai as urnas e vence, e segundo mesmo sendo conhecido por Menezes a família não tem esse sobrenome.

Os Menezes desde 1996 tem um representante envolvido diretamente em candidaturas proporcionais e já esteve presente na chapa de majoritário sendo um membro, o vice da ex-prefeita Eliane Gadelha(PT).

O primeiro a encarar uma eleição foi o patriarca e já falecido Antonio Alves Cavalcante (Antonio Menezes), que iniciou a façanha em 1996 pelo antigo Partido da Frente Liberal (PFL), permanecendo ate o ano de 2000 e sendo destaque no parlamento mirim daquele municipio.

Posteriormente o filho de seu  Antonio Alves Cavalcante que por ironia também é Antonio só que Ribeiro Cavalcante (Meneizinho), deu sequencia ao legado do pai ganhando as duas eleições seguidas pelo PFL (2000 a 2008), concluindo sua passagem na vereança e sendo indicado ao posto de vice-prefeito de 2009 a 2012 pelo PCdoB na chapa que tinha como prefeita a professora Eliane Gadelha (PT).

Um outro detalhe interessante é que na eleição de 2008, a família comemorou dobrado pois Meneizinho elegeu-se vice prefeito da cidade e sua esposa Toinha Cavalcante elegeu-se vereadora. Na disputa de 2012, Toinha passou pela aprovação dos eleitores assisbrasilienses ao se reeleger com uma boa votação.

O ciclo tende a permanecer, o jovem e articulado Cherlivam Cavalcante, presidente da União da Juventude Socialista (UJS), em Assis Brasil filho do casal Meneizinho e Toinha, é nome de consenso dentro do PCdoB para que seja candidato a vereador.

Cherlivam, já tem seu nome marcado na história daquele município, foi por intermédio dele, através de abaixo-assinado, que a juventude local se mobilizou e conseguiu uma quadra poliesportiva em uma escola local, a atitude de Cherlivam foi reconhecida em vários veículos de comunicação e atendida pelo governo do estado.