Presidente da associação (C) recebe beneficiadora de arroz de Glenilson Figueiredo, da Seaprof, e de Idésio Franke (D), da Emater

Por Leônidas Badaró

DSC00073-300x225O governo do Acre, por meio da Secretaria de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof), reafirmou a parceria com o setor rural apoiando mais uma comunidade do interior do Estado. Os agricultores da Associação dos Pequenos Produtores Rurais Agroacre receberam uma máquina de beneficiar arroz no valor de R$ 17 mil.

Os produtores moram no Ramal da Preguiça, na zona rural de Assis Brasil. São 22 associados, que têm como atividade principal o plantio do grão.  A produção no local gira em torno de quatro mil quilos de arroz por mês em uma área de 33 hectares.

Para se ter uma ideia da importância da máquina de beneficiamento do arroz, um quilo do produto bruto, com palha, é vendido a R$ 40 a saca com 60 quilos. Já beneficiado, o valor salta para R$ 120, ou seja, duas vezes mais.

“A gente recebe esse presente do governo com muita alegria. Sem a máquina, a única alternativa é vender sem beneficiar, e aí o preço é muito baixo, ou usar o pilão que leva muito tempo e desperdiça mais arroz”, afirma José Fidélix, presidente da associação.

Glenilson Figueiredo, titular da Seaprof, destaca a parceria com os produtores rurais. “Essa é nossa obrigação: ajudar quem quer produzir. A gente sabe da importância que tem um equipamento desses para um produtor de arroz. Ficamos felizes por poder estar contribuindo para a melhoria da qualidade de vida de mais produtores”, afirma.