Célio Ivan, técnico do Plácido de Castro (Foto: João Paulo Maia)

Célio Ivan, no comando do Tigre do Abunã desde o início da temporada, tem sete vitórias, cinco derrotas e dois empates. Os outros três trocaram de treinador este ano

O Plácido de Castro é único time classificado para as semifinais que não trocou de treinador no Campeonato Acreano 2015. Célio Ivan, que iniciou a temporada no comando do Tigre do Abunã, segue até a reta final. Atlético-AC, Rio Branco e Galvez trocaram de técnico, pelo menos uma vez.

O Galo Carijó iniciou o estadual com Ismael Gomes, mas logo João Carlos Cavalo assumiu a equipe. A passagem do treinador, porém, durou pouco tempo: apenas dois jogos. Com a saída de Cavalo, Ismael reassumiu o Atlético. Em 12 jogos no Celeste, Ismael tem 10 vitórias, um empate e uma derrota.

No Rio Branco, durante praticamente todo o campeonato o comandante foi José Araújo, o Zezito, que se despediu do time após sete vitórias, três empates e duas derrotas. Nei Gaúcho, auxiliar técnico, assumiu a equipe a partir da 13ª rodada e em dois jogos tem dois triunfos.

Classificado como terceiro colocado, o Plácido de Castro foi o único que manteve seu treinador desde o início da competição. Célio Ivan, em 14 partidas pelo Tigre do Abunã, acumulou sete vitórias, cinco derrotas e dois empates.

O Galvez começou o estadual com Edmilson Correia, o Tangará, no comando do time. Em 12 jogos, Tangará venceu sete, perdeu três e empatou dois. O novo técnico, Artur Oliveira, tem dois revés em duas partidas.

As semifinais do Campeonato Acreano já têm os confrontos definidos: Atlético-AC x Galvez e Rio Branco x Plácido. Inicialmente, os jogos estão marcados para os dias 13 e 16, mas podem sofrer alterações em reunião dos clubes nesta segunda-feira (8).

Célio Ivan, técnico do Plácido de Castro (Foto: João Paulo Maia)
Célio Ivan, técnico do Plácido de Castro (Foto: João Paulo Maia)

Por GloboEsporte.com