Alto Acre chegou a ter apenas um reserva em jogo do Campeonato Acreano e em outros apenas aequipe titular para entrar em campo (Foto: João Paulo Maia)

Presidente do clube diz que ideia é buscar novas parcerias e investir em jogadores locais. Vice cita processo eleitoral para mudança de diretoria ainda este ano

Por Duaine Rodrigues

dsc_8452A temporada do futebol profissional terminou para o Alto Acre com alívio após a vitória sobre o Galvez por 3 a 2, no último sábado, na cidade de Xapuri, a 188km de Rio Branco, capital do Acre. O resultado garantiu o clube na elite do Campeonato Acreano na temporada 2016. Por telefone, o presidente e o vice-presidente do clube, João Carlos Passos e Eduardo Silva, respectivamente, analisaram a temporada do Papagaio da Fronteira no estadual. Segundo Silva, o objetivo traçado para o ano foi alcançado, apesar das dificuldades. Ele, no entanto, lamenta as condições enfrentadas pelo time durante a competição.

– As prefeituras (de Brasileia e Epitaciolândia) simplesmente não abraçaram a causa. Geramos empregos, renda, sabemos das dificuldades que as administrações tiveram após a enchente. O próprio Estado também se torna omisso por colocar sua a responsabilidade simplesmente na parte de transporte. Sabemos que tivemos erros, dificuldades orçamentárias, mas ficamos abandonados. Cumprimos com a meta traçada. A primeira era chegar entre os quatro, não deu. A segunda era não cair, e conseguimos. Agora, vamos reorganizar, analisar os erros que tivemos e preparar a documentação para iniciar o processo de transferência para a nova diretoria – disse o dirigente.

Alto Acre chegou a ter apenas um reserva em jogo do Campeonato Acreano e em outros apenas aequipe titular para entrar em campo (Foto: João Paulo Maia)
Alto Acre chegou a ter apenas um reserva em jogo do Campeonato Acreano e em outros apenas aequipe titular para entrar em campo (Foto: João Paulo Maia)

De acordo com ele, a ideia é de que o processo de mudança da direção do clube comece a partir da próxima semana. 

– Vamos começar a lançar o edital para que iniciar o processo para formação da nova diretoria para 2016. Com certeza, até setembro teremos a nova diretoria formada – afirmou.

O dirigente questiona o motivo de uma emenda no valor de R$ 60 mil, aprovada pelos vereadores do município do Epitaciolândia, que seria destinada ao clube, ter sido vetada pela prefeitura da cidade.

– Estamos querendo saber. Vamos acionar, se preciso, o Ministério Público para saber o que houve. São R$ 60 mil que seriam destinados para beneficiar o Alto Acre e estão no caixa da prefeitura – comentou.

NOVAS PARCERIAS E JOGADORES LOCAIS

dsc_0267Para o presidente do clube, João Carlos Passos, o momento é de iniciar o planejamento pensando na próxima temporada.

– Pensamos em nos planejar e buscar novas parcerias. Esquecer essas parcerias que não deram certo e também temos outra visão de que podemos investir em jogadores do Acre mesmo. Trazer jogador de fora é só ilusão – declarou.

Passos aproveitou para agradecer a prefeitura de Xapuri pelo apoio ao clube na reta final da fase de classificação. O Papagaio da Fronteira mandou os últimos dois jogos no estádio Álvaro Felício Abrahão, onde conseguiu vitórias sobre Náuas e Galvez, resultados fundamentais para manter a equipe na elite do futebol estadual.

– Agradecemos a prefeitura de Xapuri, em nome do prefeito Marcinho Miranda, que deu as mãos para o Alto Acre e abriu as portas para jogarmos no município, que hoje é a capital do futebol no Acre. Lamentamos a queda do Náuas, pelo nome do clube – finalizou.

O Alto Acre encerrou a participação no Campeonato Acreano 2015 na sétima posição, com 11 pontos. Em 14 jogos, o Papagaio da Fronteira obteve três vitórias, dois empates e nove derrotas, aproveitamento de 26,2%. Foram 18 gols marcados e 41 sofridos.

Alto Acre venceu os dois jogos realizados na cidade de Xapuri, contra Náuas e Galvez (Foto: Reprodução/TV5)
Alto Acre venceu os dois jogos realizados na cidade de Xapuri, contra Náuas e Galvez (Foto: Reprodução/TV5)

Fonte: globoesporte.globo.com