Eurico Júnior foi morto com dois tiros na madrugada desta segunda-feira (1). Crime ocorreu no Beco São Domingos, no bairro Seis de Agosto.

Eurico foi morto durante a madrugada desta segunda-feira (1) (Foto: Reprodução/Facebook)
Eurico foi morto durante a madrugada desta segunda-feira (1) (Foto: Reprodução/Facebook)

Eurico Júnior Barros de Lima, de 31 anos, foi assassinado com dois tiros na madrugada desta segunda-feira (1) no Beco São Domingos, bairro Seis de Agosto, em Rio Branco. De acordo com informações da polícia, a vítima, que era filho de um tenente da Polícia Militar (PM-AC), trafegava em sua motocicleta quando foi abordado por dois suspeitos na entrada do beco. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, mas a vítima veio a óbito ainda no local. Procurado por nossa equipe, o pai da vítima não quis se pronunciar sobre o crime.

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Cleyton Videira, a vítima não tinha passagem pela polícia e os investigadores já têm dois suspeitos que poderiam ser os autores do crime. Videira afirmou ainda que a polícia acredita que há mais de dois envolvidos na morte do jovem.

“Nossa equipe está realizando todos os levantamentos para tentar elucidar o caso o mais rápido possível. As investigações caminham para prender os autores, porém,  também há a possibilidade de não ser apenas um elemento, mas dois ou três envolvidos nessa situação. Ainda não se sabe o que a vítima fazia no local naquela hora da noite, já que ele mora em outro bairro da cidade”, explicou.

Sobre o fato do pai da vítima ser policial e se o crime poderia ser em razão disso, Videira disse que ainda é cedo para apontar qualquer indício do motivo do crime. “É muito cedo para falar de alguma represália acerca da profissão dos familiares. O que vamos trabalhar é para tentar elucidar e trazer a motivação do crime”, finalizou.

Aline Nascimento Do G1 AC