Homem é suspeito de matar motorista do Samu, em outubro de 2014.  Suspeito foi um dos15 presos na Operação Clausura, realizada na sexta (29).

presosUm homem suspeito de ter matado um motorista do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) no município de Sena Madureira, em outubro de 2014. Ele foi um dos 15 presos durante a Operação Clausura, realizada nesta sexta-feira (29), em conjunto entre as Polícias Civil e Militar, no bairro Taquari, em Rio Branco.

De acordo com o delegado de Sena Madureira, Rêmulo Diniz, o suspeito estava foragido da Justiça desde o dia do crime. O delegado explicou que o suspeito, com mais dois comparsas, levou a vítima para um ramal na zona rural da cidade e atirou contra o motorista. O motivo do crime seria uma dívida de droga entre os envolvidos.

“Ele era o último procurado desse crime. Nós acreditamos que ele é o dono da arma que matou a vítima e ainda era o chefe de uma gangue aqui da cidade. Segundo o que foi apurado nas investigações, a vítima teria comprado drogas do suspeito e não pagou”, contou.

Diniz disse ainda que os suspeitos roubaram o carro do motorista durante a ação. Dois dos suspeitos foram presos ainda no dia do crime, mas o terceiro teria fugido para Rio Branco, onde estaria escondido deste então. Além deste crime, o delegado revelou que o suspeito já tem passagem por tráfico de drogas, furtos e roubos.

“Ele fugiu no carro da vítima e quando chegou na capital ateou fogo no veículo. Nós estávamos monitorando o suspeito, já tínhamos três mandados de prisão contra ele, um pela morte do motorista, que é considerado latrocínio, e dois por tráfico de drogas”, explicou.

Uma equipe da Polícia Civil de Sena Madureira conduziu o suspeito, ainda na sexta, para o presídio da cidade, onde deve aguardar o julgamento, segundo o delegado.

Entenda o caso

Vinte mandados de prisão, busca e apreensão foram cumpridos na madrugada de sexta-feira (29), em Rio Branco. Mais de 15 pessoas, entre presos e apreendidos, foram encaminhados para a Secretaria de Polícia Civil. A ação faz parte da Operação Clausura e foi realizada no bairro Taquari e áreas adjacentes. A polícia apreendeu drogas e material para fabricação de entorpecentes, armas, computadores, televisores, dinheiro, celulares, uma motocicleta e uma bomba d’água.

A operação foi realizada em conjunto com a Polícia Militar (PM-AC), Polícia Civil, Força Nacional, Batalhão de Operações Especiais (Bope), Companhia de Policiamento de Cães (CPCães) e Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

Aline Nascimento Do G1 AC