A polícia não descarta a hipótese das armas estarem empregadas na prática de crimes diversos, especialmente roubo.

Pedro Paulo 

A polícia esta investigando a procedência das armas apreendidas/Foto: Pedro Paulo
A polícia esta investigando a procedência das armas apreendidas/Foto: Pedro Paulo

Armas e munições foram apreendidas pela Polícia Civil nesta quinta-feira (12) à margem da BR-364, região do bairro Albert Sampaio. Ninguém foi detido.

A polícia encontrou um revólver 38, uma submetralhadora 9 milímetros de fabricação argentina com pente para 40 munições, uma pistola calibre 22, um par de algemas e munições de vários calibres. Segundo o delegado Karlesso Nespolli, o material estava dentro de um saco de juta, no acostamento da rodovia federal.

O arsenal foi levado para seda da Divisão de Investigações Criminais, da Polícia Civil, onde será submetido a pericia. A polícia não descarta a hipótese das armas estarem empregadas na prática de crimes diversos, especialmente roubo.

Para o delegado Karlesso as algemas indicam a intenção do tolhimento da liberdade das vítimas em caso de roubo e outros delitos. A polícia esta investigando a procedência das armas apreendidas.

A autoridade policial destacou a importância da coletividade na promoção de denúncia: “nesta apreensão a participação da sociedade foi fundamental, uma prova de que integrados seremos cada vez mais fortes no enfrentamento a criminalidade”, sublinhou Nespolli.

A polícia não confirma, porém não descarta a possibilidade das armas estarem sendo preparadas para assaltos de grande vulto na região, haja vista, que trata-se de armas de grande poder letal.

armas 1