Cerca de 20 manifestantes se reuniram, por volta das 16h desta quarta-feira (11), na Candelária, no Centro do Rio

FRANCO

Para protestar contra Dilma Rousseff. O grupo pede o impeachment da presidente e convoca para outro protesto, neste domingo (15).

A manifestação, acompanhada por curiosos e por aproximadamente 200 PMs, foi marcada nas redes sociais saiu em passeata às 16h30. A Avenida Rio Branco chegou a ser fechada pelo grupo, que seguiu em direção à sede da Petrobras, na Avenida República do Chile, onde chegaram às 17h.

Chegaram até à empresa 39 pessoas, sendo 15 delas segurando cartazes.

Além do impeachment, o grupo Revoltados Online, que convocou o ato, manifesta apoio aos caminhoneiros e ao juiz Sergio Moro, à frente da Operação Lava Jato, que investiga a corrupção na Petrobras.

PM fez a escolta da passeata
PM fez a escolta da passeata

Segundo Marcelo Reis, o protesto seria marcado para o dia 13, mas foi adiantado devido à manifestação da Central Única dos Trabalhadores protocolada para o mesmo dia. ele também descartou, por enquanto, a intervenção militar, defendida por alguns manifestantes.

“Vamos fazer um abre-alas para o protesto do dia 15. O povo acordou”, afirmou o fundador da página Revoltados Online, Marcello Reis.

Segundo ele, o protesto seria marcado para sexta-feira (13), mas foi adiantado devido à manifestação da Central Única dos Trabalhadores (CUT), protocolada para o mesmo dia.

No final do ato, os manifestantes deram parabéns à polícia militar. “Eles são responsáveis por manter a ordem, já que nós somos pacíficos”, afirmou Marcello Reis, que considerou o evento foi “um sucesso”.

Vários ônibus da PM estacionaram ao lado da concentração do protesto
Vários ônibus da PM estacionaram ao lado da concentração do protesto
Batman partipa de ato contra Dilma
Batman partipa de ato contra Dilma

Fonte: brasil29.com.br