Conhecidos por terem padrões infinitos, fractais são um conceito matemático e um fenômeno natural.

Eles existem em diversas escalas, e começam de modo simples até crescer de modo progressivo para padrões incrivelmente belos e complexos.

Inicialmente, os fractais eram apenas descritos pela pura matemática. Hoje, os fractais possuem aplicações em diversas áreas, como física, química, engenharia e geologia.

Tom Beddard, físico da Universidade de St Andrews, na Escócia, criou os denominados  ‘Fractais Fabergé”, cujas criações são majestosamente complexas, com curvas e linhas infinitas que emergem de todos os lados. Beddard cria esses trabalhos no computador através de fórmulas matemáticas.

Resumidamente, os fractais tridimensionais são produzidos por fórmulas onde a saída de uma formas de iteração é também a entrada da próxima. As fórmulas sacodem, dobram e escalam o espaço. O que define a natureza dos fractais é que a medida que nos aproximamos da superfície, cada vez mais detalhes vão sendo exibidos. As combinações geram estruturas incrivelmente detalhadas e belas, perfeitamente simétricas ou orgânicas. Fractais também podem desaparecer com uma mínima perturbação, característica de um sistema caótico.

JOIA

Fonte: misteriosdomundo.org