Dados oficiais da Defesa Civil Estadual apontam que mais de 22 mil pessoas foram afetas pela enchente do Rio Acre em Brasileia, Epitaciolândia e Xapuri.

Por Maria Meirelles

(Foto: Angela Peres/Secom)
(Foto: Angela Peres/Secom)

Nesta sexta-feira, 27, o ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, percorreu áreas afetadas pela cheia na região de fronteira. A visita, conduzida pelo governador Tião Viana, assegurou recursos do governo federal para a recuperação das cidades.

O Ministério da Integração Nacional vai destinar mais de 17 mil kits de cestas básicas, água potável, materiais de higiene e limpeza para as vítimas da enchente. A previsão é de que até a próxima segunda-feira, 2, os kits sejam entregues ao governo do Estado, que fará a distribuição para as prefeituras.

“Nós estamos empenhados no apoio emergencial dos municípios afetados pela enchente do Rio Acre. Também estamos apoiando o governo do Estado para que ele possa distribuir o benefício do aluguel social, tendo em vista que algumas famílias atingidas podem ser assistidas pelo programa”, ressaltou Gilberto Occhi.

Após a vazante das águas do Rio Acre, uma equipe do Ministério da Integração vai realizar o levantamento das casas afetadas pela cheia, para que o governo federal destine recursos ao Estado para a construção de novas residências. “O Programa Minha Casa, Minha Vida vai possibilitar a entrega de mil moradias na região do Alto Acre e outras mil em Tarauacá”, destacou o governador Tião Viana.

O prefeito de Brasileia, Everaldo Gomes, agradeceu os esforços do governo. “Hoje não existe partido, existe o povo em primeiro lugar, e seu coração é grande, governador Tião Viana. Nós tivemos aqui o apoio total das secretarias de Estado. O Corpo de Bombeiros esteve incansavelmente envolvido no trabalho de remoção das famílias”, enfatizou.

André Hassem, prefeito de Epitaciolândia, reforçou o pedido de assistência ao município. “O Estado tem nos ajudado, e agora nós contamos com o reforço da Presidência da República e o apoio da nossa bancada federal e estadual”, afirmou.

 Veja as fotos Abaixo: Angela Peres/Secom

tião d tião e tião u Tião Viana a

tião a tião b tião p tião r Tião Viana Tião Viana b Tião Viana c Tião Viana d Tião Viana t tião y tião