Obra deve garantir segurança da região, que desmoronou após enchente 

Por Jaqueline Teles

rio em Brasiléia

Iniciada pelo governo do estado em 2012, logo após a maior enchente já registrada em Brasileia, a barragem para conter um processo erosivo, na Avenida Prefeito Rolando Moreira, a “Rua do Comércio”, deve ser concluída no fim deste verão, garante o secretário de Estado de Obras Públicas, Leonardo Neder.

De acordo com o secretário, a obra já deveria ter sido entregue, mas está atrasada porque houve morosidade na liberação de recursos no Ministério da Integração, aliada à cheia do Rio Madeira em 2014, que prejudicou a chegada de insumos e de uma máquina usada para fixar as pranchas metálicas, que formam o muro de contenção.

“No Brasil existem apenas quatro máquinas bate-estaca, que fixam essas pranchas, e todas estavam alugadas para obras da Copa do Mundo e das Olimpíadas. Infelizmente, o Acre não foi prioridade para essas empresas, que dispõme desses equipamentos”, lamentou Neder.

O secretário também avisou que a empresa executora da obra adquiriu uma dessas máquinas e o trabalho será concluído neste verão.

“Nós já estamos com mais de 80% da obra concluída. Assim que se iniciar o verão vamos dar continuidade aos trabalhos. Acredito que no fim do período de estiagem iremos concluir esse trabalho, oferecendo um novo cartão-postal para Brasileia e garantindo a segurança daquela área”, disse.

rio em Brasiléia acre