Ônibus já percorreram as regiões do Alto Acre, Juruá e Tarauacá-Envira. Programação teve inicio com ciclo de palestras sobre relações sociais de gênero

Por Paula Amanda

 (Foto: Luciano Pontes/Secom)
(Foto: Luciano Pontes/Secom)

FLASH-11-300x145Como parte do Programa Mulher Viver Sem Violência, a Unidade Móvel de Atendimento às Mulheres em Situação de Vulnerabilidade do Campo e das Florestas chega ao município de Capixaba.  Na sexta-feira, 6, a equipe da Secretaria de Estado de Políticas para Mulheres, responsável pela gestão do programa no estado, realizou uma rodada de palestras com temas como: a Lei Maria da Penha e Planejamento Familiar.

Neste sábado, 7,  a unidade móvel estará na Feira das Mulheres Empreendedoras. Durante todo o dia serão realizados diversos atendimentos às mulheres, entre eles psicológico e assistencial.

O Plano Estadual de Política para Mulheres prevê o atendimento da unidade móvel em todos os municípios acreanos. Em 2014, os dois ônibus percorreram as regiões do Alto Acre, Juruá e Tarauacá-Envira, atendendo mais de 350 mulheres, entre elas 40 casos de violência doméstica que são acompanhados pela secretaria.

Início das atividades em 2015

A coordenadora de Direitos Humanos e Enfrentamento da Violência Contra Mulheres, Joelda Pais, explica que os lugares de atendimento são escolhidos com os representantes do Fórum de Gestão Corporativa e a da comunidade rural. “Capixaba é o primeiro município a receber atendimento em 2015, por ter mais de 75% da sua população concentrada na área rural, uma região que nós precisamos alcançar cada dia mais”, disse.

A dona de casa Madalena Filgueiras, participou das palestras e destacou a importância de levar esse tipo de atendimento ao município. “A gente sempre tem dúvidas e participar desses encontros esclarece muita coisa, nos dá base até para a gente explicar para os nossos companheiros, certas coisas que eles não entendem e acabam não nos ajudando como deveriam”, declarou.