Presidente da Federação de Futebol do estado foi reeleito e empossado no cargo na noite desta segunda-feira (2). Novo mandato dura quatro anos, com término em 2019

Aclamação e posse de Antônio Aquino foi na sede da FFAC, no estádio Florestão, em Rio Branco (Foto: Duaine Rodrigues)
Aclamação e posse de Antônio Aquino foi na sede da FFAC, no estádio Florestão, em Rio Branco (Foto: Duaine Rodrigues)

Pela sexta vez consecutiva, a Federação de Futebol do Acre (FFAC) será presidida pelo advogado Antônio Aquino Lopes. O dirigente, que em 2014 completou 30 anos à frente da entidade que cuida do futebol acreano, foi reeleito por aclamação e empossado na noite desta segunda-feira (2), em ato realizado na sede da FFAC, no estádio Florestão, em Rio Branco, capital do Acre.

A aclamação já havia sido feita no dia 17 de outubro de 2014, no entanto, como houve contestações pedindo a impugnação da reeleição, o presidente optou por publicar novo edital para a realizar um novo pleito, justificando que a intenção era não deixar qualquer dúvida sobre a lisura da ação.

A nova diretoria da FFAC fica no cargo por quatro anos, entre 2015 e 2019. Além de Antônio Aquino Lopes, na presidência, a Federação de Futebol do Acre tem ainda Wendel Wendel Sampaio das Neves (vice-presidente), João Batista de Queiroz, Paulo Maia Sobrinho, Ademir Sena (Conselho Fiscal) e José Augusto de Queiroz, Francisco de Souza e Ezequias de Oliveira (Suplentes do Conselho Fiscal).

PRESIDENTE QUER FUTEBOL ACREANO MAIS FORTE

Em seu primeiro discurso após ser empossado, Antônio Aquino destacou que a responsabilidade do cargo aumenta diariamente e a preocupação é sempre corresponder as expectativas para melhorar o futebol do Acre e fazê-lo crescer.

– Sempre vou procurar manter essa posição de trabalhar junto com vocês (dirigentes). O futebol é de todos nós, é uma responsabilidade de cada um. Sei o que é carregar um time de futebol, principalmente com as condições do nosso estado, dos nossos clubes e da nossa população também. A obrigação nossa é promover, estimular e fomentar o futebol. Tudo que for possível para que possamos fortalecer o nosso futebol, vou correr atrás. Prometo, como sempre, trabalhar com honestidade, seriedade, cumprindo sempre o estatuto da federação e as leis esportivas que regem nosso futebol – afirmou.

Por Duaine Rodrigues Rio Branco, AC