Cerca de 200 famílias assinaram o contrato e receberam a chave da nova residência

Por Márcia Moreira 

(Foto: Angela Peres/Secom)
(Foto: Angela Peres/Secom)

“Olha lá, mãe, é a nossa casa! Olha como é linda!”. Foi assim que Taynã Souza, 22 anos, reagiu ao ver pela primeira vez a nova residência na Cidade do Povo. Ela, a irmã e a mãe Raimunda Nascimento foram as novas beneficiadas desse que é o maior e mais ousado programa de habitação do Acre.

cidade_povo_angela_peres_02_02_2015-1-300x205Elas são umas das 198 famílias que assinaram contrato com a empresa responsável no último sábado, 31, no Teatro Plácido de Castro. A partir de segunda-feira, 2, os beneficiados já começaram a receber as chaves para solicitar o ligamento da energia e iniciar o processo de mudança.

Os novos contemplados são residentes de áreas de risco, como é o caso de Raimunda. Ela e as filhas vivem no bairro Preventório há 25 anos, e contam que a vida lá é muito difícil. “Para ter acesso à rua precisamos subir uma escada enorme, porque moramos em um barranco, e lá embaixo o rio chega e corre risco de desmoronamento. Também tudo o que construímos fica desnivelado”, explica.

Conseguir uma residência digna em um lugar com boa estrutura sempre foi o sonho da família. Taynã, a filha caçula, era a mais empolgada por ganhar um novo lar “Nós sonhamos e esperamos tanto. Isso aqui para nós é um sonho realizado. Eu nem consigo acreditar”, ressaltou.

Segundo o Departamento Social da Secretaria de Estado de Habitação (Sehab), mais de 400 novos contratos estão previstos para ser assinados ainda esta semana, com foco nos moradores do loteamento Rui Lino II.

O programa Minha Casa, Minha Vida é realizado em todo o país, em parceria com a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil. As casas que estão sendo entregues são parte dos 30%. O Banco do Brasil é responsável pelo repasse no Acre.