Polícia prende “Maníaco do Celta”, acusado de sequestro e estupro em série na capital

Segundo a polícia, Márcio Rodrigues atacava as crianças no meio da rua/Foto: Selmo Melo
Segundo a polícia, Márcio Rodrigues atacava as crianças no meio da rua/Foto: Selmo Melo

Márcio da Silva Rodrigues, tabelião substituto da cidade do Bujari, foi preso por policiais civis do Nucria, acusado de sequestro e estupro em série. Pelo menos 9 vítimas, com idade entre 5 e 11 anos, já o reconheceram como autor do delito.

Segundo a polícia, Márcio Rodrigues atacava as crianças no meio da rua, quando estas estavam desacompanhadas. Ele sempre repetia a mesma tática; em um carro Celta, preto, com o argumento de que pretendia dar dinheiro pra a mãe ou avó da criança, ele as convencia a entrar no carro e depois as levava para um lugar distante a fim de satisfazer suas taras.

Houve casos em que ele obrigava as vítimas a fazer sexo oral, em outros, ele consumava o estupro. Uma criança de 11 anos teve as partes íntimas dilaceradas pelo maníaco, que era investigado desde março de 2014.

Conforme a delegada Elenice Frez, responsável pela investigação, Márcio Rodrigues agia no complexo São Francisco, residencial Aroeira, bairro da Paz, Apolônio Sales, Mocinha Magalhães e na cidade do Bujari, onde trabalhava no cartório da cidade.

No último dia 15, ele foi preso no Bujari depois de sequestrar uma criança de 11 anos, mas a Justiça determinou sua soltura no dia seguinte.

DSC 0250

Fonte: ContilNet Notícias