A vacina previne contra quatro tipos de HPV. As primeiras doses foram aplicadas em março deste ano.

Genival Moura Do G1 AC

Vacinação previne quatro tipos de HPV (Foto: Vanísia Nery/ G1)
Vacinação previne quatro tipos de HPV (Foto: Vanísia Nery/ G1)

A Secretaria Municipal realiza, durante todo o mês de setembro, a campanha da segunda dose da vacina contra o Papiloma Vírus Humano (HPV) em meninas com idade entre 11 e 13 anos. Segundo a coordenação local do programa de imunização, a vacina é considerada tetravalente porque previne contra quatro tipos de HPV, apontados como os principais causadores de câncer do colo do útero no Brasil.

As equipes de vacinadores estão percorrendo as escolas públicas e particulares de ensino fundamental, onde se encontram as adolescentes na faixa etária da campanha.

“As primeiras doses foram aplicadas em março deste ano e os pais assinaram um termo autorizando a aplicação. Aquelas adolescentes que completam onze anos depois de março ainda vão tomar a primeira dose e para essas, nós vamos pedir a autorização dos pais. Mas não acreditamos em recusa, até porque uma única dose dessa vacina em uma clínica particular custa em torno de R$ 300”, ressalta Janaína Negreiros, coordenadora do programa de imunização em Cruzeiro do Sul.

As adolescentes que receberem a segunda doze da vacina só serão completamente imunizadas cinco anos depois, quando, segundo os cálculos do Ministério da Saúde, já terão uma vida sexualmente ativa.

“O vírus HPV é uma doença sexualmente transmissível e esses quatro tipos que a vacina imuniza causam mais de 70% dos casos de câncer do colo do útero, a vacina tem 95% de eficácia. Quando essas meninas completarem 18 anos que tiverem a vida sexual ativa, nós vamos ver o quanto valeu a pena tomar a vacina”, explicou a coordenadora do programa.