Em entrevista ao portal G1 nesta quarta-feira (3) Marina afirmou que a nova política de alianças não será feita por ela nem pelo vice dela, e sim pela sociedade brasileira.

Gina Menezes, Agência ContilNet

Marina Silva pode compor com PSDB após eleições/Foto: Divulgação
Marina Silva pode compor com PSDB após eleições/Foto: Divulgação

O ex-colunista da Folha de São e atual comentarista da CNB, rádio brasileira que pertencente ao Sistema Globo de Rádio, Kenedy Alencar, afirmou que se Marina Silva (PSB) for eleita ela deverá governar com o PSDB. “Se Marina vencer a disputa, os tucanos tendem a hipotecar apoio a ela no Congresso”, diz o analista.

Kenedy que trabalhou longos anos para a Folha e Rede TV, diz que em caso de segundo turno os tucanos poderão ceder apoio político para um eventual mandato. “Se as próximas pesquisas mantiverem Marina à frente de Aécio, poderá haver uma onda de voto útil para atender ao desejo que FHC manifestou em novembro. Os tucanos poderão ceder apoio político na segunda etapa e fornecer quadros para um eventual mandato.

Em entrevista ao portal G1 nesta quarta-feira (3) Marina afirmou que a nova política de alianças não será feita por ela nem pelo vice dela, e sim pela sociedade brasileira que desde junho de 2013 mostrou “que não quer ser mais espectadora da política”. Reiterou ainda que deseja trabalhar com todas as pessoas de “bem” de outros partidos, como PT e PSDB, mesmo sem especificar critérios e nem levando em consideração se esses partidos desejariam ceder seus quadros para um eventual governo

VEJA MAIS

PSDB deve apoiar Marina em eventuais 2º turno e governo