A ponte abandonada pela prefeitura de Brasiléia traz trastorno para a população da zona rural com o trasporte dos alunos.

Por Alemão Monteiro 3 De Julho Noticias: Brasiléia: Acre 

ponte do ramal do 18

ponte5 ponte4 ponte3 ponte1 ponte2

Moradores do ramal da Eletra no km 18 estão revoltados com o descaso e a falta de respeito por parte da prefeitura de Brasiléia com os moradores. A ponte abandonada pela prefeitura pode causar o fechamento do ramal e prejudicar os alunos que estudam na escola do km 26.

Revoltados, os moradores procuraram a nossa equipe de redação para denunciar o descaso por parte da prefeitura de Brasiléia onde o prefeito Everaldo prometeu voltar em dois dias com os trabalhadores da obra para concertar a ponte, foi só promessas de políticos. Diz moradores

Os moradores falam ainda que a prefeitura através da secretaria de obras fez apenas uma raspagem no ramal e não piçarrou, onde só chega até a cabeceira da ponte e não terão continuidade até a saída do ramal do 13, deixaram para trás, a ponte e o resto do ramal é só promessa de voltar depois, Deus se sabe quando.

Um morador próximo a ponte fala que quando chegar o inverno não terá trafegabilidade com um trabalho de quinta categoria feito pela administração de Everaldo, o mesmo fala que os trabalhos não vão aguentar nem a primeira chuva. 

Como você pode ver nas fotos e no Vídeo a situação da ponte é uma calamidade se soprar vai cair, não se sabe se é uma ponte ou uma pinguela o desmazelo também é na zona rural.

O ramal da Eletra que está com o problema da ponte tem acesso pelo ramal do 13, 18 e 19, onde passa  vários veículos por dia e principalmente o trasporte dos alunos, que tem dificuldade para andar no ramal.      

ponte6