Funcionário do hospital das clínicas Raimundo Chaar foi agredido por paciente embriagado em seu local de trabalho.

Por Fernando Oliveira 3 De Julho Noticias: Brasiléia Acre

O motorista do SAMU (serviço de atendimento 12

O motorista do SAMU (serviço de atendimento móvel de urgência) o senhor Vanderlei Acasio Texeira foi agredido por um paciente no hospital de Brasiléia Raimundo Chaar, ele conta que o paciente havia se acidentado no ramal do Polo e veio conduzindo a sua motocicleta até o hospital quando chegou no portão de entrada ele desceu da moto e pediu ajuda, foi quando o motorista Vanderlei prestou socorro e levaram para o Pronto socorro vinte minutos depois o paciente se alterou e Vanderlei foi pedir que ele se acalmasse e o paciente lhe agrediu deixado quase despido. 

Devido o ocorrido um jornal local divulgou que por falta de espaço o paciente estaria no chão mas não observou que os funcionários tentaram agilizar o atendimento e foi agredido, o paciente estava em uma cadeira de rodas enquanto o enfermeiro buscava a maca para fazer o atendimento ai foi quando o paciente se jogou no chão e alguém fotografou usando a imagem para denegrir a imagem do governo do estadual.

Quando o paciente foi para a maca ele agrediu o motorista do SAMU rasgando sua blusa, feriu o seu braço, o mesmo conta que a sua sorte foi que um enfermeiro segurou o paciente e o dorpou.

Devido a agressão os funcionários ligaram para a polícia (190) e quando a polícia chegou ele já estava mais calmo foi constatado que o paciente estava com um índice de álcool muito elevado no mesmo dia foi registradas várias ocorrências inclusive registradas pelo corpo de bombeiros que fizeram onze resgates todos no mesmo dia.

Quem também presenciou o fato foi o técnico em enfermagem o senhor Raimundo, ele conta que confirma o que o colega de trabalho falou e ele estava presente desde o momento da chegada do paciente. Vanderlei Acasio registrou um boletim de ocorrência na delegacia de Brasiléia contra o paciente embriagado.    

camisa