O desmazelo já está afetando a educação até as crianças tem que pagar pelo erro de uma administração caótica.

Por Fernando Oliveira 3 De Julho Noticias: Brasiléia Acre

escola socoro.............................

A gestora da escola municipal Socorro Frota a senhora Paulinelli Rodrigues deixou 250 alunos com idade entre seis à doze anos, sem intervalo por quatro dias, o motivo foi que um aluno da escola jogou um prato no chão, por conta do ocorrido a gestora deixou todos os alunos de castigo, e por causa de um todos pagaram, o castigo prevaleceu , de segunda-feira dia 11 de agosto até o dia 14 (quinta feira), mas já na sexta feira voltou ao normal, a situação se normalizou depois que os pais denunciaram o caso na mídia.

A nossa equipe de redação procurou a gestora da escola para que ela pudesse se pronunciar diante do fato, mas a mesma não quis receber e nem esclarecer o problema causado por ela, então procuramos a secretária de educação de Brasiléia a senhora Gorete Bibiano, que nos atendeu e esclareceu o fato, ao contrário da gestora que não nos recebeu.

A secretária nos informou que ao ter conhecimento do fato ela convocou a gestora da escola que foi nomeada a dedo pelo prefeito Everaldo Lopes para ocupar o cargo, e que ela pudesse explicar o ocorrido, a mesma contou que os alunos estavam realmente sem sair de sala mais que a merenda era servida normalmente.

A secretária disse que a atitude da gestora foi radical, por que ela poderia ter conversado com os pais dos alunos marcado uma reunião para poder entra num bom censo e ter outras alternativas, e conta que a gestora sequer informou os pais dos alunos da atitude radical que ela tomou sem consultar ninguém.

escola socoro.....