Finalmente, prefiro acreditar que tudo não passa de um boato…
Por Tião Vitor

FARSA PARA INCRIMINAR PETISTAS

O advogado Odilardo Marques divulgou em seu perfil no Facebook que estaria sendo tramada uma farsa para incriminar petistas em tumulto em evento do candidato tucano à Presidência, Aécio Neves, que chega cumpre agenda em Rio Branco neste sábado, dia 9.

De acordo com Odilardo, pessoas teriam sido contratadas especificamente para tumultuarem o evento. Os encarregados dessa demanda seriam os próprios candidatos aos cargos proporcionais da oposição.

Veja abaixo o que diz o advogado em sua postagem:

“P”olítica ou “p”olítica

Chegou ao meu conhecimento um boato que circula na cidade, dando conta de que pessoas estariam sendo contratadas para tumultuarem o evento de campanha das candidaturas que fazem oposição à coligação Frente Popular, mais especificamente no que diz respeito aos eventos com a participação do presidenciável Aécio Neves.

Segundo os rumores, as pessoas encarregadas de tal ato atentatório à democracia, seriam alguns candidatos aos cargos proporcionais da própria oposição. A engenharia do crime, consistiria em munir os meliantes com adesivos e bandeiras da Frente Popular, para que, após o tumulto, a responsabilidade recaísse sobre esta. Na avaliação dos mentecaptos, o sucesso de tal intento causaria um dano irreparável na campanha do candidato Tião Viana, pois, passaria à opinião pública a impressão que o PT é violento, anarquista e anti-democrático.

Prefiro acreditar que tudo isso não passa de boatos, pois acredito piamente na seriedade e honestidade de todos os candidatos de oposição, mas, pelo sim ou pelo não, já comuniquei os rumores ao Tribunal Regional Eleitoral do Acre para que tome as providências que achar necessário, sobretudo no que diz respeito a integridade física do candidato Aécio Neves como também, para garantir que não haja qualquer interferência que cause prejuízos à campanha dos candidatos Márcio Bitar e Tião Bocalon.

Aproveito para conclamar a todos os simpatizantes e militantes dos partidos que compõem a coligação Frente Popular, para que de forma alguma faça qualquer ato ou manifestação cm o fito de atrapalhar as campanhas adversárias e/ou seus candidatos.

Evitem fazer campanha nas proximidades dos eventos realizados pelas campanhas adversárias. As diferenças ideológicas não são suficientes para tornar ninguém inimigo e nem para que o respeito ao próximo seja desprezado. Vamos todos, situação e o oposição, fazer uma campanha eleitoral digna de uma “P”olítica que leve a efetivação e consolidação da democracia brasileira.

Finalmente, prefiro acreditar que tudo não passa de um boato…

Tião Viana também será alvo de provocadores

Da mesma forma que no caso acima, pessoas também estariam sendo contratadas para participarem de agendas do governador Tião Viana, que concorre à reeleição pela Frente Popular.

Nesse caso, a ideia é provocar Tião Viana com xingamentos ou com atitudes violentas, ensejando a prisão por desacato a autoridade ou mesmo por atitude ameaçadora, o que poderá ser usado politicamente: os incitadores presos alegariam atitude arbitrária e autoritária, desrespeito a direitos civis, etc., argumentos que podem usar em todo o decorrer da campanha eleitoral.