Acidente aconteceu na terça-feira (29) e matou mais três pessoas. Jovem morreu no hospital de Rio Branco, para onde foi transferido.

Genival Moura Do G1 AC

Caio morreu na manhã desta quinta-feira (31) (Foto: Reprodução/Facebook)
Caio morreu na manhã desta quinta-feira (31) (Foto: Reprodução/Facebook)

O jovem Caio Junior Alves da Silva, de 20 anos, o quarto ocupante do Honda City que capotou no município de Rodrigues Alves (AC), nesta terça-feira (29), morreu no Pronto Socorro de Rio Branco na manhã desta quinta-feira (31). O jovem chegou a ser transferido, mas não resistiu aos ferimentos. A informação foi repassada por Francisco Vagner de Santana que é primo da vítima e ex-prefeito da cidade onde ocorreu o acidente.

O jovem havia sido transferido na tarde de terça-feira (29), cerca de 7h após o acidente que matou outras três pessoas no local. “A gente estava acompanhando aqui, mas a família já tinha consciência da gravidade do caso e agora vamos tratar do translado para levar o corpo a Rodrigues Alves. É lamentável para todos perder um garoto tão jovem de forma tão trágica”, relatou o primo da vítima.

Caio Junior recebeu os primeiros atendimentos no Hospital do Juruá em Cruzeiro do Sul (AC). O diretor clínico da unidade, Oziel Câmara, descreve os traumas que a vítima sofreu. “Esse paciente teve traumatismo craniano com hemorragia, contusão pulmonar e fraturas no quadril e em um dos antebraços”, disse.

Entenda o caso

O jovem Caio Junior era um dos quatro ocupantes de um Honda City que capotou na rodovia estadual AC-407, a um quilômetro de Rodrigues Alves por volta das 10h da manhã de terça-feira (29). As outras três pessoas que estavam no carro morreram no local do acidente.

Segundo a Polícia Militar, o motorista do carro era o espanhol, José Luiz Jimenez Maroto, de 39 anos, que trabalhava como engenheiro civil em uma construtora do município. Conforme a análise preliminar da polícia, o engenheiro perdeu o controle da direção do carro que capotou e bateu contra um barranco.

Os outros dois ocupantes do carro que morreram no local eram adolescentes, entre eles, Luiz Eduardo da Silva Matos, de 15 anos e Maria Daiara Silva do Nascimento, 17, todos eram moradores do município de Rodrigues Alves. Segundo a PM o grupo estava se divertindo desde a noite anterior quando houve um show no município com o cantor Tom Cleber. O corpo do engenheiro espanhol, José Luiz Jimenez está sendo transladado para Barcelona, onde será velado pela família.

Carro capota e deixa três mortos e um em estado grave em Rodrigues Alves.