Os dois confessaram ser sócio no negócio ilícito (drogas)

Por Alemão Monteiro

1

2

Após dois meses de levantamento realizado pela equipe de investigação da Delegacia de capixaba, sob coordenação do Investigador Franciberto, e apresentação de relatório a Delegada Lucélia Titular da Delegacia de Capixaba, a equipe de Investigação dessa Unidade, com apoio da PM deu cumprimento a dois Mandados de Busca e Apreensão nos endereço dos flagranteados.

4Por volta das 05:30 da manhã foi iniciado a operação, tendo a delegada Lucélia dividido os policiais em duas equipes , e em ambos os locais fora localizada entorpecentes, os locais das busca foram as residências de ALFREDO FRANCISCO PIRES NETO 26 ANOS DE IDADE, e RAYCLEIDSON FONSECA MACHADO 18 ANOS DE IDADE, a droga de ALFREDO foi localizada enterrada em compartimentos dentro da residência do mesmo.

3A droga pertencente a RAYCLEIDSON foi localizada dentro de uma geladeira; cabe ressaltar que os dois confessaram serem sócio no negócio ilícito, e que vendia cada 5 gramas pelo valor de R$ 80,00 reais, sendo que as pequenas quantidades que eram vendidas pelo valor de R$ 10,00 reais era de responsabilidade de RAYCLEIDSON o qual do lucro ele ganhava 40%, segundo os próprios.

Os acusados além da venda, realizavam trocas do produto ilícito por celulares, TVs, bicicletas, aparelhos de DVDs, centrifuga; sendo que os celulares dependia da marca valia cerca de 10 acertos de entorpecentes, no linguajar deles.

69