Moisés pode responder pelo crime de estupro vulnerável. Ele foi encaminhado pela manhã para a penitenciária de Rio Branco.

PADEIRO

Moisés Fernandes de Oliveira, 24 anos, padeiro, foi preso na noite deste sábado, 22, acusado de estuprar uma criança de 4 anos, na rua São José, bairro Sobral, em Rio Branco.

PESCARIA-PERIGOSADe acordo com a mãe da criança, ela teria saído para pescar e deixado a vítima junto com a sua avó, que mais tarde teria ido para a igreja deixando a menina com a irmã da mãe da criança, que ao retornar para casa encontrou sua filha chorando e com as roupas rasgadas. Ao perguntar o que havia acontecido ela respondeu que o Moisés da padaria havia colocado o dedo na sua vagina e que estava ardendo.

Uma viatura da Policia Militar foi acionada pela mãe, que os levou até a casa do acusado. Foi dado voz de prisão e o padeiro foi conduzido até a Delegacia da Mulher.

O delegado de plantão Valdinei Costa, encaminhou a criança ao Instituto Médico Legal – IML para o exame de corpo de delito (sexologia forense), onde foi relatado o resultado positivo do exame.

Em depoimento ao delegado o acusado negou tudo e disse que nunca tocou na criança e que não sabia o porquê que estava sendo acusado. Ao levar a criança para fazer o reconhecimento do meliante, ela o reconheceu saiu correndo com medo.

Moisés (foto abaixo) pode responder pelo crime de estupro vulnerável. Ele foi encaminhado pela manhã para a penitenciária de Rio Branco.

David Sahid – da redação de ac24horas