A farsa foi descoberta dentro de pouco tempo de acordo com o tenente da Polícia Militar

sequestro

Na última sexta-feira (13) o quartel da Polícia Militar de Boca do Acre recebeu várias ligações de pessoas em estado de pânico. O motivo eram telefonemas ameçadores sobre um possível sequestro de familiares. Apavorados, aqueles que receberam as ligações rapidamente entravam em contato com a polícia, relatando o fato.

A farsa foi descoberta dentro de pouco tempo. De acordo com o tenente da Polícia Militar, Carlos Malheiros, trata-se de uma farsa de alguém especializado nesse tipo de golpe (falso sequestro), que entra em contato com telefones de Boca do Acre, afirmando que algum ente querido está em situação de sequestro. Malheiros disse que não foi difícil descobrir a mentira, uma vez que as ligações sempre são “desconhecidas ou ligações interurbanas”.

Malheiros deu algumas orientações básicas para as pessoas que sofrerem esse tipo de golpe. De acordo com o tenente, quem receber uma ligação dessa natureza faça perguntas de cunho familiar, como o nome da pessoa que foi sequestrada, onde ela mora, qual a idade, entre outros questionamentos que deixem os golpistas na dúvida. O tenente pediu, ainda, que mesmo em situação de pânico, a família ceda qualquer tipo de chantagem emocional e nao entregue dados pessoais aos criminosos virtuais, muito menos realizar depósito em dinheiro para a suposta libertação do ‘sequestrado’.

Portal Do Purus