André  Hassem e suas corrida de cavalo, mais onde está as sonda da saúde que faltar para os cadeirante?

Por Alemão Monteiro

andre de novo

123123

O Cadeirante  Gilson de Tal morador a vários anos no bairro Aeroporto em Epitaciolândia, Denunciou o prefeito André Hassem ao (MPE) Ministério Público do Estado, por falta de sonda que o mesmo reivindica a secretaria de saúde há 5 meses que são 150 dias é uma vergonha para o prefeito do PSDB.

Gilson de Tal viver em uma cadeira de rodas e precisa urgentemente das sondas que é oferecida pela secretaria de saúde do município, ao obter as sondas para retirar os líquidos do organismo. A prefeitura, ou seja, a secretaria tem a obrigação de fornecer o equipamento porém, segundo o denunciante,  o descaso e a falta de compromisso da gestão de André  Hassem (PSDB) não lhe fornece sonda há 150 dias.  A sonda é um instrumento usado pela medicina quando a urina não pode ser eliminada naturalmente.

“ É um absurdo que tenha dinheiro para fazer festa, pagando um cachê milionário para um cantor  de fora e falta recurso até para comprar sonda diz Gilson. Eu espero há cinco meses, não são cinco dias. Tive que apelar a justiça pois para o prefeito André Hassem farra é mais importante que a saúde das pessoas” Desabafou o cadeirante Gilson.

Em um gesto de desespero o cadeirante teve que recorrer ao Ministério público  para ter uma resposta da prefeitura. Foi só na pressão que o  Secretário de Saúde de André Hassem se responsabilizou de entregar em uma semana as sondas. Até lá o cadeirante vai ter que se virar como pode. Ou seja são mais sete dias de sofrimento.