Servidora HC é indiciada por desviar 301 fracos de remédio.

Servidora do HC é indiciada por roubar remédios para utilizar embalagens com “óleo ungido”

Com informações da Policia Civil

desvio-remedio

Durante o cumprimento de buscas domiciliar, autorizadas pela justiça, em uma residência da rua Chico Mendes, bairro Conquista, policiais da Delegacia Itinerante da Polícia Civil (DIPC) apreenderam 301 frascos de antibióticos que seriam da farmácia do Hospital das Clinicas, em Rio Branco. Além do medicamento a polícia encontrou seringas descartáveis, supostamente usadas para aplicar o remédio sem prescrição médica.

O material estava na posse da técnica em enfermagem Maria do Carmo Amâncio de Almeida, 48, funcionária da unidade hospitalar. A direção do HC foi imediatamente avisada do evento e servidora pública conduzida à sede da especializada, onde após ser entrevistada pelo delegado Roberth Alencar, confessou que subtraiu os remédios para utilizar as embalagens com “óleo ungido” para doar numa igreja evangélica.mas não convenceu a polícia e acabou indiciada por peculato.

“Trata-se de uma ação firme do Estado, que não permite essa prática de delito por qualquer cidadão, quer seja agente público ou não”, destacou o delegado Roberth. No âmbito criminal a autoridade policial lembrou que em face de não haver situação de flagrância, Maria do Carmo vai responde ao processo em liberdade.

A direção do HC tão logo tomou conhecimento dos fatos mandou instaurar um procedimento interno, para investigar Maria do Carmo.

“Durante o apuratório interno, a servidora poderá ser afastada das funções, lhe sendo assegurado os direitos constitucionais da ampla defesa”, observou Carlos Eduardo, diretor da Hospital das Clinicas.