Denúncia: Além da cidade abandonada, nossa fronteira está sem fiscalização alguma

Por Alemão Monteiro

t7878

Aqui começa o Brasil e termina o sonho de muita gente que convive com o total abandono por parte do estado e município. A cidade de Brasiléia está totalmente abandonada pelo poder público.

As ruas esburacadas, lixo e desorganização. A praça central do município também está entregue as baratas e nossa fronteira está totalmente desprotegida sem nenhuma fiscalização por parte de nossas polícias militar, civil, federal e exercito brasileiro.

WP_20140608_011A porta de entrada de drogas vindas do país vizinho Bolívia está totalmente escancarada onde os roubos de veículos correm livremente de um país para o outro.

Era por volta das 21:30 deste domingo 08 de junho quando nossa redação fez uma visita nas duas pontes que nos ligam ao país vizinho e não constatamos nenhum policiamento e fiscalização alguma nos dois acessos ao outro país.

A cidade de Cobija que faz fronteira com Brasiléia demonstra organização e limpeza, e as obras não param de crescer do lado estrangeiro, alavancados pelo comércio farto aonde os brasileiros vêm depositar seus salários mensais, enquanto isso nossa Zona Franca não sai do papel mostrando que nossos dirigentes políticos não estão nem um pouco preocupados com esse pedaço do Brasil.

Apesar de todo sofrimento, o povo ainda tem esperança que a construção da obra de uma nova ponte entre Brasiléia e Epitaciolândia possa alavancar o desenvolvimento do município.

WP_20140608_017

WP_20140608_019