Uma dessas 10 acreanas será a Miss Acre 2014 e Meyre Mhanaus coordena o Miss Acre desde 2005

Por Celis Fabrícia 

candidatas-300x199Em clima de Copa do Mundo de Futebol. Assim estarão a iluminação e também a decoração do Palácio Rio Branco, que recebe, a partir das 20 horas deste domingo, 8, o evento de escolha da Miss Acre 2014.

São 10 concorrentes, sendo nove da capital e uma da cidade de Brasileia. As candidatas farão três entradas – abertura, desfile com traje de banho, e a terceira com traje de gala.

A candidata que tiver o melhor desempenho, de acordo com os quesitos avaliados pelos jurados, receberá a faixa de Miss Acre 2014 da atual Miss Acre, Raissa Campelo. “Vamos ter uma abertura em homenagem à Copa, muito glamour. Haverá muitas surpresas”, explica Meyre Mhanaus, coordenadora do Miss Acre.

Meyre Mhanaus coordena o Miss Acre desde 2005

( Foto: Victor Augusto)

meyre-198x300Meyre Mhanaus lembra que é importante o estado escolher sua representante porque, quando isso não acontece, uma “participante biônica”, ou seja, uma menina que não nasceu no Acre, é escolhida pela organização do Miss Brasil.

O governo do Estado cederá o palácio e a estrutura do local para a organização do Miss Acre. “O governo do Estado e a primeira-dama estão sempre apoiando, e outros parceiros também”, diz Meyre Mhanaus.

A noite terá também a participação da finalista do Miss Brasil Infantil 2012 e do Miss Face The World 2013, a acreana Paula Freitas, 12 anos.

Na história recente do concurso, o Acre teve excelentes resultados –  o terceiro lugar no Miss Brasil em 2011, com Danielle Knidel, e em 2006, Maria Claudia Barreto, por apenas dois pontos, foi a segunda colocada no Miss Brasil.