A vítima chegou a ser atendida em uma unidade de saúde da cidade, mas o órgão não pôde ser reimplantado.

Mulher cortou pênis do marido por vingança. Membro não foi reimplantado.
Mulher cortou pênis do marido por vingança. Membro não foi reimplantado.

Um homem de 28 anos teve o pênis decepado pela própria esposa em Santos, no litoral de São Paulo, após ser flagrado na cama tendo relações sexuais com um outro homem. A vítima chegou a ser atendida em uma unidade de saúde da cidade, mas o órgão não pôde ser reimplantado.

Segundo testemunhas, a mulher viu o marido a traindo com um rapaz, mas não falou nada na hora, já que ele não percebeu o flagrante. Dias depois, para se vingar, ela propôs uma fantasia ao homem e o amarrou na cama do casal. Com ele imobilizado, a esposa traída cortou o pênis do companheiro com uma faca serrilhada. (ai meu Deus)…

A vítima foi socorrida e levada a unidade médica da região, mas os danos ao órgão sexual impossibilitaram a reimplantação.

Neste caso, a cirurgia se tornou impossível pelo fato de que se passou muito tempo entre o corte do órgão e o resgate da vítima. Por este motivo, o homem não poderá mais ter ereção ou relações sexuais.

O jovem santista poderá ainda ter que urinar sentado, caso o comprometimento da uretra não permita que ele consiga urinar em pé. Uma vez que a opção de reconstrução do órgão foi descartada por falta de condições, resta a vítima a opção de melhorar a aparência da região atingida com a criação de um ‘neopênis’, feito com retalho de pele da região pélvica e do abdômen. Caso no futuro ele queira ter filhos, a única opção é recorrer a uma inseminação artificial, uma vez que seus testículos foram preservados durante a agressão. O paciente está utilizando uma sonda para urinar e não corre risco de morte.

Fonte: Diário da Manhã e A Voz de Silvio Jr.