A escola de ensino médio tem 12 salas de aula

Por Concita Cardoso

 (Foto: Diego Gurgel/Secom)
(Foto: Diego Gurgel/Secom)

Ter acesso à moradia digna é direito previsto na Declaração Universal dos Direitos Humanos e na Constituição Federal. E é com a garantia desses direitos que 392 famílias estão se preparando para morar em uma das casas do maior programa habitacional do Acre, a Cidade do Povo, a partir da próxima quinta-feira, 22.

Também na quinta será entregue, do total de três escolas (duas de ensino fundamental e uma de ensino médio) que estão sendo construídas na Cidade do Povo, a primeira, de ensino médio.

Financiada pelo FNDE e BNDES, a instituição foi orçada em R$ 3,7 milhões e contará com estrutura para abrigar 12 salas de aula, cozinha, refeitório, salas de funcionários, auditório, laboratórios de informática e ciências e quadra poliesportiva para a prática de atividades físicas.

A população da Cidade do Povo também irá contar com infraestrutura básica (água, esgoto e coleta de lixo) para ter habitação de qualidade, que é um dos componentes do padrão de vida digno que o governo do Estado está oferecendo à população.

Para Marco Brandão, secretário de Estado de Educação e Esporte, “o desenvolvimento da sociedade passa pela melhoria da qualidade de vida e pela melhoria dos direitos do cidadão, entre eles a educação. A escola da Cidade do Povo surge para garantir educação pública e de qualidade para os que nela vão habitar. É o compromisso do governo com a educação para todos”, afirma.