No time da AABB, cerca de 40 atletas treinam de segunda a sábado (Foto: Reprodução/TV Acre)

Primeira etapa do Campeonato Estadual da modalidade será disputada no dia 12 de abril, em Rio Branco.

GloboEspote.comRio Branco, AC

No time da AABB, cerca de 40 atletas treinam de segunda a sábado (Foto: Reprodução/TV Acre)
No time da AABB, cerca de 40 atletas treinam de segunda a sábado (Foto: Reprodução/TV Acre)

A Federação Acreana de Esportes Aquáticos (Faea) definiu a data de inicio das competições da temporada 2014. A primeira etapa do Campeonato Estadual de Natação acontece no dia 12 de abril. Em seguida, no mês de agosto, será realizada a Copa Amazônica. E em novembro, a Amazônia Ocidental, além de competições nacionais.

Com a chegada das competições, o que não falta são atletas acreanos se preparando para os torneios. No time da AABB, cerca de 40 atletas treinam de segunda a sábado, se preparando para várias disputas estaduais, regionais e nacionais. As expectativas por bons resultados são boas.

– Essas competições são importantes até mesmo para avaliar os nossos atletas, o nosso trabalho e saber como estamos. A expectativa é ir para a etapa regional. Temos uma safra muito boa de nadadores jovens e talentosos, inclusive com índices para o Campeonato Brasileiro – ressalta o técnico da AABB, Hélio Guimarães.

O nadador Pedro Monteiro, que tem índices para o Campeonato Brasileiro, quer seguir evoluindo e disputar os torneios mais importantes nesta temporada. Com 15 anos, o atleta já pratica a modalidade há três. No início, procurava apenas um esporte que auxiliasse no seu desenvolvimento corporal e encontrou esse auxílio na natação.

– Sempre pratiquei o futebol e outros esportes também, mas me desenvolvi melhor na natação – relata Monteiro.

A paixão pelo esporte só aumentou e, ao  longo de treinos e competições, Monteiro atingiu um alto nível de desenvolvimento e atualmente está no nível de disputas nacionais na modalidade Juvenil 2. Com o início da temporada, o atleta reforça os treinos e espera superar a marca anterior.

– Estou pensando nisso desde o ano passado, porque eu já tinha o índice, mas não fui competir porque não tinha patrocínio. Esse ano continuo com o índice para o Campeonato Nacional e espero melhorar ainda mais para chegar pelo menos na final – conclui.

Colaborou Daniel Scarcello, da TV Acre.