Pensei ‘caramba, ninguém vai ver isso’, mas viram!’, diz Adrielle.401876_386439868085260_40257791_n

Parodiando o clipe da música ‘Roar’ da cantora americana Katy Perry, a estudante acreana Adrielle Farias, de 16 anos, tem conseguido chamar atenção com o seu vídeo ‘Acre‘ na internet. Com mais de três mil visualizações, Adrielle usa cenários locais como o Rio Acre e brinca com o estereótipo que é dado a quem mora na região, com versos que dizem ‘pulo com os macacos, nado com o boto-cor-de-rosa’.

Postado há dois dias, o clipe tem pouco mais de quatro minutos e foi filmado em quatro lugares: Parque Chico Mendes, Parque da Maternidade, Tacacá da Base e em uma colônia da família em Sena Madureira, a 137 km de Rio Branco.

“A ideia surgiu quando a Katy Perry lançou a música dela como single. O cenário [do clipe da Katy Perry] também lembra muito o Acre, daí eu já estava com essa ideia na cabeça, então um dia eu resolvi escrever e quando eu vi já tinha a música toda. Gravei, coloquei o instrumental e lancei primeiramente como música no Youtube, não tinha o vídeo”, explica Adrielle.

Fã de divas americanas como Lady Gaga e a própria Katy Perry, a estudante conta que o apoio dos amigos foi fundamental para a divulgação do clipe, e até mesmo a família se envolveu, já que levou a estudante que mora no Bairro Floresta, emRio Branco, à colônia da família, no interior, aonde se chega de barco numa viagem de 1h30.

“Eles me ajudaram porque acharam a ideia legal. Quando eu terminei de editar, estava rindo e pensei ‘caramba, ninguém vai ver isso’, mas viram!”, conta animada.

Foram as irmãs e a tia da estudante que deram força na produção e filmagem do clipe. “Eu fiz o roteiro, mas recebi ajuda na filmagem. Ele foi filmado no meu tablet, isso explica a má qualidade da imagem. Eu editei tudo e coloquei a legenda”, relata Adrielle.

Dentre tantos assuntos do mundo adolescente em que vive, Adrielle explica porque escolheu o Acre para ser tema de sua paródia.

“Eu adoro o Acre, pode ser o lugar mais mal falado do mundo mas eu realmente amo esse estado, eu sei que parece meio clichê, e eu sempre tive vontade de falar do Acre, de mostrar pros meus amigos de outros estados e a melhor forma de falar e entreter ao mesmo tempo que eu achei bacana foi através da paródia”, declara.

Os comentários no Youtube são quase 60 e as avaliações negativas já são 70. Alguns internautas se colocaram contra o vídeo por assumir uma suposta imagem errada do que seria a cultura local. Para Adrielle, tudo não passava de uma brincadeira até gerar polêmica.

“Tem muita gente vendo que o vídeo vai passar uma imagem ruim do Acre e essas coisas. Eu não me arrependo de ter colocado o vídeo porque quando eu coloquei eu sabia que iam vir coisas ruins e coisas boas, sempre tem, né? Até em vídeos mais famosos tem, porque não ia ter comigo? Então eles tem que aprender a lidar com as críticas, as construtivas ou não”, esclarece.

Amanda Borges Do G1 AC