O governo do Estado adquiriu 19 novas ambulâncias e conta com um helicóptero no auxílio das emergências

Da Redação Com Marcelo Torres

O veículo foi adquirido com recursos do governo federal e deve

IMAIL=3dejulhonoticias@gmail.com

O governo do Estado realizou diversos empreendimentos na saúde pública estadual, visando à ampliação nos acessos aos serviços de urgência e emergência. No período de 2011 a outubro de 2013, 2,3 milhões de atendimentos foram feitos pelos hospitais e unidades de urgência e emergência do estado.

Para alcançar essa oferta de atendimentos médicos, especializada em situações de emergência, diversos fatores contribuíram como explica a secretária de Saúde, Suely Melo.

“Uma das prioridades do governador Tião Viana é a saúde pública. Nesse período, desenvolveu vários investimentos, bem como habilitação dos serviços ‘Melhor em Casa’ que, atualmente, acompanham 49 pacientes – portadores de doenças crônicas com dificuldades de locomoção. O programa é composto por uma equipe multiprofissional onde temos médico, enfermeiro, fisioterapeuta, assistente social e técnicos de enfermagem, além da aquisição de 19 ambulâncias, somando um total de 38 veículos, e um helicóptero, para transportar pacientes em estado crítico”, exemplificou a secretária.

O governo do Acre oferta mais 25 leitos hospitalares de forma terceirizada, ou seja, leitos pagos aos hospitais da rede privada a pacientes que são usuários do SUS e necessitam de internação.

graficos-sesacre-thennyson-14-01-2014-3-materia

Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco – Huerb

Conhecido como Pronto-Socorro, atende não só a população do Acre, como também pacientes de outros estados brasileiros e países vizinhos. Fundado na década de 50, o Huerb passa por muitas mudanças, tanto na estrutura, quanto na oferta de especialidades clínicas.

De acordo gerente-geral da unidade, Helyadia Prudêncio, o Hospital conta com atendimentos especializados em emergências clínicas, traumáticas e ambulatoriais, salas e leitos de observações, internações e terapia intensiva. A unidade também oferece serviço de desintoxicação – para pessoas que fazem uso abusivo de álcool e outras drogas –, unidade de dor torácica – onde são tratados pacientes com problemas cardíacos –, centro cirúrgico e laboratório para exames, além de vigilância epidemiológica, serviço social e emergência pediátrica. Por mês são realizados 10 mil atendimentos, 60 mil exames laboratoriais e de imagem, 300 cirurgias de emergência, e ainda 500 internações.

Unidade de Pronto Atendimento – UPA

grafico-um-materia-sesacre-16-01-2014-thennyson-passos-21-materiaO estado conta com duas UPAs, que funcionam como unidades intermediárias entre as unidades básicas de saúde e de média e alta complexidade, ampliando e melhorando o acesso aos serviços de urgência do Sistema Único de Saúde (SUS).

Essas unidades atendem a casos de saúde que exijam atenção médica intermediária como problemas de pressão, febre alta, fraturas, cortes e infartos, evitando que os pacientes sejam sempre encaminhados aos prontos-socorros dos hospitais.