Mulher afirmou que situação financeira precária a fez concordar com termos.

Vereador é indiciado após fechar contrato com secretária que a obrigava a ter relações íntimas com ele
Vereador é indiciado após fechar contrato com secretária que a obrigava a ter relações íntimas com ele

Um vereador foi indiciado por ter fechado um contrato com sua secretária que a obrigava a ter relações íntimas com ele. O caso ocorreu em Abruzzo, na Itália.

Lucia Zingariello, a funcionária em questão, receberia em troca a quantia anual de aproximadamente R$ 115 mil. O homem, Luigi de Fanis, de 53 anos, já estava sendo investigado junto de sua secretária de 32 anos por fraude e corrupção antes do escândalo vir a conhecimento público.

Agentes encontraram o contrato rasgado em pedaços quando vasculhavam a residência do vereador. Eles recuperaram o documento colando todas as partes.

FONTE-R7