Professor de Cruzeiro do Sul venceu na categoria ‘Temas Livres’.

Professor Aldemir Maciel comemora prêmio (Foto: Arquivo pessoal)
Professor Aldemir Maciel comemora prêmio (Foto: Arquivo pessoal)

Um professor de Cruzeiro do Sul (AC) recebeu em Brasília na semana passada o prêmio Professores do Brasil promovido pelo Ministério da Educação (MEC). Aldemir Maciel que é professor de Artes da Escola Flodoardo Cabral recebeu a premiação através do Projeto Ritmos da Amazônia que é realizado há 11 anos e tem por objetivo resgatar danças que fazem parte do folclore amazônico.

Ao todo foram inscritos 3.220 projetos com experiências pedagógicas bem sucedidas, criativas e inovadoras. O professor recebeu o prêmio na categoria “Temas Livres” do ensino médio.

“Eu enviei todas as informações com vídeos, fotos e documentos comprovando todo o processo pedagógico em sala de aula, as oficinas práticas de músicas, danças e demais atividades que acontecem ao longo de seis meses e culminam com uma grande apresentação em praça pública”, explica Maciel.

Na edição de 2013 o Projeto Ritmos da Amazônia teve a participação de mais de três mil pessoas, incluindo alunos, ex-alunos, pais e professores. Além das dançarinas, a banda do projeto também é formada por músicos que são estudantes da escola, tendo como vocalista o professor de Artes Aldemir Maciel.

“Esse prêmio mostra que apesar das dificuldades que enfrentamos na área de educação ainda podemos conseguir bons resultados. Nosso projeto é uma experiência boa e faz com que o aluno tenha prazer em ir à escola evitando a evasão escolar”, ressalta o professor.

O concurso realizado pela sétima vez consiste na seleção e premiação das melhores experiências pedagógicas desenvolvidas por professores de escolas públicas em todas as etapas da educação básica. Ao todo 40 professores foram premiados, cinco de cada região do país dentro de categorias diferentes.

Além da premiação, segundo o professor, os vencedores serão convidados para participar de um congresso em 2014 em Pelotas (RS) e de um seminário em São Paulo (SP).

Genival Moura Do G1 AC