Uma mulher belga, de 69 anos, dorme com seu marido falecido em sua cama.

Seu marido, Marcel H., morreu de ataque de asma ano passado.
Seu marido, Marcel H., morreu de ataque de asma ano passado.

A mulher disse que não suportava viver sem seu marido e preferia dormir ao seu lado, mesmo que em forma de cadáver.

Acredita-se que Marcel H., morreu de asma em novembro do ano passado (a informação ainda não foi confirmada), mas sua esposa não comunicou a polícia porque teria ficado arrasada com o acontecido.

A mulher, que não teve o nome divulgado, dormia ao seu lado e não se importava com o cheiro forte. As autoridades começaram a suspeitar quando o proprietário da casa informou que o casal não pagava o aluguel desde 2012.

Phillippe Boxho, patologista do Centro Forense de Liege, disse: “Um corpo pode se mumificar em um ambiente seco e quente. É preciso pelo menos uma semana para chegar a tal estado. Neste caso, o corpo tinha pedaços podres na cama, principalmente órgãos internos que haviam derretido e liquefeito”.

O patologista ainda afirma que o líquido se espalhou por toda a cama, o que trouxe uma grande quantidade de insetos.

Os vizinhos imaginavam que o cheiro era derivado de sacos de lixo e não de um cadáver ao lado.

FONTE-R7