Trabalho é feito por Adriano da Silva Ferreira, de 31 anos.

Adriano da Silva tem 31 anos e mora em Rio Branco, no Acre (Foto: Duaine Rodrigues/G1)
Adriano da Silva tem 31 anos e mora em Rio Branco, no Acre (Foto: Duaine Rodrigues/G1)

O artesão Adriano da Silva Ferreira, de 31 anos, customiza bicicletas com peças de motos. O idealizador das bicicletas customizadas mora em Senador Guiomard, distante 30 km da capital Rio Branco e já produziu dois desses veículos. Ferreira diz ter um sonho, o de ser contratado por uma empresa para fabricar suas peças e ter reconhecimento.

“Demora para fazer. Ela [a bicicleta] é difícil”, é o que diz Silva. Segundo ele, os materiais são caros e o trabalho de ‘transformação’ demora um ano para ser concluído. “Eu pego carenagem de motos, farol, tampões, e transformo. Eu gasto mais de ‘mil e pouco'”, explica.

A primeira construção do artesão foi vendida e, apesar de tantas peças adicionais na bicicleta, ele garante que o veículo foi feito para ser usado. “É feita para pedalar”, diz. Silva garante que é o único a fazer esse tipo de trabalho no Acre e tem certeza da sua fama. “Sou famoso. Todo mundo sabe disso”, fala.

Com orgulho de sua criatividade, o artesão revela ainda que tem o sonho de ser convidado por uma grande empresa para fabricar as bicicletas em grande escala. “Eu tinha vontade de viajar para fora e fabricar essas ‘bichas’ para bombar no mundo. Tenho vontade criar esse bicicleta na fábrica. Eu ia fazer modelos diferentes”, garante.

Caio Fulgêncio e Duaine Rodrigues Do G1 AC

Adriano demorou um ano para concluir a bicicleta (Foto: Duaine Rodrigues/G1)
Adriano demorou um ano para concluir a bicicleta (Foto: Duaine Rodrigues/G1)