Jovem não pode ter relações íntimas por conta da má formação local.

Garota com condição rara é impedida de ter filhos por não ter órgãos reprodutivos
Garota com condição rara é impedida de ter filhos por não ter órgãos reprodutivos

Uma garota de 19 anos teve sua condição de vida revelada chamando a atenção da imprensa mundial. A jovem sofre de uma síndrome rara, a qual a impede de ter filhos por conta da má formação dos órgãos reprodutivos. 

Jacqui Beck foi diagnosticada com MRKH depois de ir ao médico por conta de dores nas costas. Na ocasião ela tinha 17 anos, e comentou com o mesmo médico que ainda não havia entrada nos períodos normais de uma adolescente. 

Ela foi encaminhada a um ginecologista, que, após realizar alguns exames, constatou sua condição. 

A garota não possui útero, colo do útero e abertura da região vaginal. A condição, normalmente, não afeta mulheres quando desejam praticar relações com parceiros, mas no caso de Beck o caso acabou sendo mais agravado. 

A jovem contou que se sentiu uma aberração ao receber o diagnóstico pela primeira vez. Ela saiu da consulta em lágrimas, imaginando que nunca poderia gerar um filho ou realizar tudo o que havia sonhado na vida. 

Como nunca havia tentado ter um relacionamento físico com um parceiro, Beck não percebeu o problema. Caso houvesse tentado, logo notaria sua condição. 
garota-com-condicao-rara-e-impedida-de-ter-filhos-por-nao-ter-orgaos-reprodutivos (1)
Apesar da notícia chocante, a garota tenta olhar o aspecto positivo. Ela comenta que o problema é uma forma de fazê-la encontrar o homem certo, que a entenda e a apoie mesmo sob as circunstâncias fora de normalidade. 

Beck possui uma “covinha” no lugar da região íntima, e afirma que tinha vergonha de conversar sobre o assunto com a mãe. Apesar disso, após o diagnóstico, a jovem se sentiu encorajada pela força recebida por todos os amigos e familiares

Fonte: Daily Mail