A entrega dos aparelhos é parte da adesão do Estado ao Programa Educação Digital

A entrega de tablets beneficiou 25 professores de ensino médio do Bujari (Foto: Assessoria SEE)
A entrega de tablets beneficiou 25 professores de ensino médio do Bujari (Foto: Assessoria SEE)

Assessoria SEE

Para fortalecer a inclusão digital, o governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE), realizou na tarde da última quarta-feira, 7, no Bujari, na Escola São João Batista, a entrega de 25 tablets educacionais para os professores do ensino médio.

A entrega dos aparelhos é parte da adesão do Estado ao Programa Educação Digital, idealizado pelo Ministério da Educação (MEC) para instrumentalizar o uso das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) no processo de aprendizagem, considerando fundamental a apropriação tecnológica para uma melhor interação com os estudantes.

Em todo o Acre, foram contemplados cerca de 2.400 educadores de ensino médio, adquiridos com recursos oriundos do Plano de Ações Articuladas (PAR) que totalizaram R$ 857 mil.

Em todo o Acre, foram contemplados cerca de 2.400 educadores
Em todo o Acre, foram contemplados cerca de 2.400 educadores

Diretor da Escola São João Batista, Deusimar Santiago Peres acredita que “trata-se de um momento fundamental para a Educação. A tecnologia avança a cada dia, e esta ferramenta vem para nos auxiliar no acompanhamento da evolução digital, possibilitando uma educação mais interativa entre alunos e professores”.

Representando o governador Tião Viana, o secretário da SEE, Daniel Zen, explicou que o programa busca fazer com que a realidade digital torne-se uma realidade possível nas escolas. “Toda ferramenta pode ser utilizada de duas maneiras: boa ou ruim. O tablet pode auxiliar de muitas maneiras, mas o professor também deve despertar o interesse de seus estudantes.”

Secretário Daniel Zen explicou que a ferramenta deve ser bem utilizada para despertar o interesse dos alunos (Foto: Assessoria SEE)
Secretário Daniel Zen explicou que a ferramenta deve ser bem utilizada para despertar o interesse dos alunos (Foto: Assessoria SEE)