Família diz que rapaz passou a ser perseguido após cumprimentar moça.

Marcos se recupera de tentativa de homicídio (Foto: Arquivo Pessoal)
Marcos se recupera de tentativa de homicídio
(Foto: Arquivo Pessoal)

A polícia de Cruzeiro do Sul já tem pistas de dois suspeitos de uma tentativa de homicídio contra Marcos Silva dos Santos, de 23 anos, na última segunda-feira (28), no bairro Formoso, no município de Cruzeiro do Sul.

De acordo com a polícia, dois homens armados teriam efetuado quatro disparos contra a vítima. Um dos disparos, atingiu o peito esquerdo do rapaz, que foi socorrido por vizinhos e encaminhado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital do Juruá.

A mãe de Marcos, a professora Glória Silva dos Santos, afirma que o filho já vinha sendo perseguido pelos suspeitos há quase dois anos, depois do filho ter cumprimentado uma jovem do bairro quando passava por uma escola.

“Tudo começou há quase dois anos, quando o Marcos passou em frente a uma escola e fez gestos de carinho e sorriu para uma jovem que ele conhecia. Essa jovem estava perto desses homens que não gostaram e armados com facão e pedaços de madeira, correram atrás do Marcos para tentar matá-lo. Só não conseguiram, porque ele entrou em uma residência para pedir socorro. Desde esse tempo, esses homens vêm perseguindo meu filho”, conta.

Segundo ela, os dois suspeitos teriam agredido seu filho na noite de sábado (26) em um posto de combustível quando ele conversava com amigos. Ela diz ainda que polícia teria sido acionada pela vítima, mas os acusados se evadiram e nada foi feito.

De acordo com a família, o estado de saúde do rapaz é estável e ele não corre risco de morte.

“O projétil que atingiu o peito esquerdo dele passou perto do coração e saiu pelas costas, mas segundo os médicos, ele não precisa passar por cirurgias e está se recuperando”, explica a mãe.

Um vizinho da vítima, que pediu para não ser identificado, relata que minutos antes do crime, dois homens passaram na mesma rua em uma motocicleta, com pouca velocidade, como se estivessem procurando alguém.

“Foi tudo muito rápido. Assim que eles passaram já encontram o rapaz e foram atirando. O primeiro disparo atingiu o pneu da motocicleta que ele vinha pilotando, a moto caiu e ele saiu correndo pedindo socorro. Foi quando eles efetuaram mais três tiros, um errou e os outros dois atingiram a mão e peito do rapaz”, conta outra vizinha que auxiliou nos primeiros socorros e também preferiu não se identificar.

O delegado Vinícius Almeida, responsável pela investigação, afirmou que os investigadores da Polícia Civil já identificaram os dois suspeitos e já fizeram apreensão da motocicleta utilizada pela dupla no noite do crime. De acordo com o delegado, policiais civis e militares estão fazendo buscas na região na tentativa de localizar os foragidos. Eles já possuem diversas passagens pela  polícia.

Francisco Rocha Do G1 AC