Erro médico é apontado como principal causa da morte; alimento causou infecção generalizada

O bebê estava internado na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo)
O bebê estava internado na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo)

Um suposto erro médico pode ter causado a morte de um bebê em uma das principais maternidades do Sul do País. De acordo com a família da criança, o recém-nascido morreu depois de receber comida no coração.

O Conselho Regional de Medicina e Enfermagem do Rio Grande do Sul vai abrir uma sindicância para investigar a morte da criança.

O bebê estava internado na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) neonatal do hospital quando uma enfermeira teria aplicado a comida no cateter central, que vai direto para o coração. O alimento causou uma infecção generalizada. O hospital não se manifestou sobre o caso.

FONTE-R7