População recebe orientações sobre câncer de mama, na Praça da Revolução

Na Tenda Rosa, as mulheres puderam receber orientações sobre o que é o câncer de mama (Foto: Cristiane Marques/Sesacre)
Na Tenda Rosa, as mulheres puderam receber orientações sobre o que é o câncer de mama (Foto: Cristiane Marques/Sesacre)

Álefe Souza

Estudantes de medicina da Universidade Federal do Acre (Ufac) e de enfermagem da Faculdade Meta (Fameta), além de profissionais de saúde do Centro de Controle Oncológico do Acre (Cecon), estiveram durante toda esta sexta-feira, 25, na Praça da Revolução, para informar à população, e em especial às mulheres, sobre a prevenção do câncer de mama.

Na Tenda Rosa, as mulheres puderam receber orientações sobre o que é o câncer de mama, por meio de vídeo, folders e panfletos. Também foi oferecido o exame clínico para mulheres acima de 40 anos. Aquelas que estão abaixo dessa faixa etária, mas com histórico da doença na família, também puderam se submeter ao exame.

“Fizemos uma triagem, por meio de um questionário. Detectamos mulheres acima de 40 anos que ainda não fizeram nenhuma mamografia e as encaminhamos para o Cecon”, disse a mastologista Adriana Marinho.

Francineide Freitas, 32, aproveitou para passar pelo exame clínico, pois em sua família há dois casos de câncer. “Minha mãe teve câncer de mama e meu avô, de próstata”, afirmou. Nenhuma alteração foi encontrada em suas mamas, mas, em virtude do histórico familiar, Francineide foi encaminhada para o Cecon, onde passará pelos exames de mamografia e ultrassonografia.

“Mulheres que já tiveram parentes próximos na família acometidos pela doença podem e devem começar a fazer a mamografia por volta dos 35 anos, mas, mesmo as mais novas, caso detectem qualquer alteração durante a prática do autoexame, podem solicitar o exame”, informou Adriana.

A Tenda Rosa fez parte da programação desenvolvida pelo governo do Estado para comemorar o Outubro Rosa, movimento que busca conscientizar a população sobre o diagnóstico precoce para o câncer de mama.

Na noite desta quinta-feira, 24, uma cicleata foi realizada pelas ruas do centro da cidade de Rio Branco. As ciclistas da Associação dos Ciclistas do Acre (Acac) e demais mulheres que participaram puderam passar pelo exame clínico e ter orientações para a prática do autoexame de mamas.