Nada de salário: Prefeitura de Assis Brasil diz que não vai repassar um centavo para empresa terceirizada

CRUZA OS BRAÇOS SOBRE O PAGAMENTO DE ASSIS BRASIL - FOTO ALEMÃO MONTEIRO
CRUZA OS BRAÇOS SOBRE O PAGAMENTO DE ASSIS BRASIL – FOTO ALEMÃO MONTEIRO
ALEMÃO MONTEIRO COM JERRY CORREIA 
A empresa Menezes e Dantas, que prestava serviços terceirizados à Prefeitura de Assis Brasil nas áreas de limpeza pública e manutenção das escolas municipais, apresentou sua versão para o atraso de três meses de salários a dezenas de servidores temporários. A reunião aconteceu na Câmara dos Vereadores e contou com a participação de centenas de pessoas entre comerciantes, servidores, autoridades e populares que esperavam um desfecho para o impasse.
 
Já no início da reunião os vereadores Neudo Lopes, Ivelina Marques, Eunício Pereira e Jerry Correia, todos do PT, denunciaram que vários servidores temporários foram ameaçados por Secretários e Assessores do Prefeito de perder o emprego caso participassem da reunião. O fato foi confirmado por muitos temporários que não se intimidaram e marcaram presença no encontro. Os representantes do Poder Judiciário e Ministério Público dizem que vão investigar o caso.
 
Já em relação ao pagamento dos três meses de salário atrasado, o advogado da empresa Menezes e Dantas, afirmou munido de provas contundentes que a culpa é da Prefeitura de Assis Brasil que não repassou o recurso para que os vencimentos dos prestadores de serviço fossem pagos. O advogado disse ainda que atualmente a Prefeitura de Assis Brasil deve mais de 800 mil reais para a empresa Menezes e Dantas referente aos três meses de salário atrasado e mais dois meses de salários que foram pagados pela própria empresa sem repasse algum do município.
 
Convidado para a reunião, o prefeito da cidade, Humberto Filho (PSDB), mais uma vez não compareceu e também não enviou nenhum secretário para representá-lo. O advogado Lauro Fontes, que presta serviços para a Prefeitura de Assis Brasil realizou uma apresentação técnica mostrando que a empresa não cumpriu com várias cláusulas do contrato firmado no início do ano. Segundo ele, o prefeito não vai repassar nenhum centavo para a empresa Menezes e Dantas e o caso será resolvido na justiça.
 
A pergunta feita pela maioria das pessoas que participaram da reunião foi o porquê só agora, depois de nove meses de contrato e três meses de salário atrasado, a Prefeitura de Assis Brasil tomou tal medida que prejudica diretamente dezenas de famílias e, por conseguinte, comerciantes e toda comunidade. Por outro lado, como que a Prefeitura repassou dinheiro para a empresa que hoje julga irregular durante os meses anteriores?
 
Muitas perguntas e poucas respostas. Não sobrou senão mais um dia de decepção e frustração para muitas famílias de Assis Brasil que passam por dias difíceis.  
prefeito não vai repassar nenhum centavo para a empresa Menezes e Dantas e o caso será resolvido na justiça.FOTO JARRY CORREIA
prefeito não vai repassar nenhum centavo para a empresa Menezes e Dantas e o caso será resolvido na justiça.FOTO JARRY CORREIA