Aníbal defende contratação de médicos formados na Bolívia

Aníbal Diniz (PT-AC)
Aníbal Diniz (PT-AC) FOTO FACEBOOK

com informações da Agência Senado

O senador Aníbal Diniz (PT-AC) registrou visita do governador do Acre, Sebastião Viana,  ao ministro da Saúde, Alexandre Padilha. Segundo o senador, iana, acompanhado de deputados da bancada do estado, solicitou ao Ministério da Saúde,  nesta segunda-feira (30), um aperfeiçoamento no Programa Mais Médicos, a fim de que profissionais brasileiros formados em escolas de medicina da Bolívia possam ser contratados para atuar em municípios do Acre.

Aníbal Diniz explicou que, pelas regras atuais, o programa veda a contratação de médicos oriundos de países estrangeiros que não disponham destes profissionais em quantidade suficiente para atender a própria população. No caso da contratação dos brasileiros formados na Bolívia, tal medida, disse, não teria qualquer efeito no sistema de saúde do país vizinho, visto que atualmente não se encontram trabalhando lá.

— Esses brasileiros que se formaram na Bolívia não estão prestando serviços lá. Logo não iriam desfalcar o serviço de saúde do país. Eles poderiam, portanto, dar uma grande contribuição nas localidades do Brasil que precisam de médicos, tendo em vista que nós não temos médicos que aceitam ir para essas regiões mais isoladas — disse.

Aníbal disse também que o ministro da Saúde acenou com a possibilidade de atender ao pleito do Acre, mediante a publicação de uma portaria ministerial, após a aprovação pelo Congresso Nacional da Medida Provisória 621/13 que criou o Programa Mais Médicos.